Nos dias 14 e 15 de março, o UNICURITIBA recebeu as rodadas preliminares do International Criminal Court Moot Court Competition Brazilian Round (ICCMCC), com organização do Prof. José Carlos Portella Jr. O ICCMCC é uma competição de casos simulados internacionais, envolvendo o Direito Penal Internacional, que seleciona equipes universitárias para participarem da competição mundial em Haia, Holanda.

A competição de julgamento simulado funciona como um modelo de metodologia ativa de ensino, em que o acadêmico é o protagonista da construção do seu conhecimento. Sob a coordenação do professor, cabe ao acadêmico construir os argumentos que usará na competição, os quais devem ser desenvolvidos na escrita e oralmente. "Na preparação para a competição (que leva nove meses), o acadêmico pode desenvolver habilidades para a pesquisa jurídica, bem como de trabalho em equipe e oratória. Além disso, a competição reúne equipes do mundo todo e isso possibilita ao acadêmico ter contato com diversas culturas jurídicas e estreitar relações profissionais com professores e pesquisadores de universidades estrangeiras", explica Portella.

A etapa classificatória que aconteceu no UNICURITIBA, denominada Pré-Moot, reuniu estudantes do Curso de Direito do UNICURITIBA, PUC-PR, FGV-SP, Universidade Federal da Bahia (UFBA) e da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Essas instituições disputaram duas vagas para a competição mundial.

No dia 16 de março, aconteceu o encerramento do evento na UFPR, e a equipe do UNICURITIBA conquistou o 1º lugar da competição garantindo participação em Haia, sendo a única IES a representar a capital paranaense. O 2º lugar ficou com a UFBA.

A etapa mundial irá reunir mais de 70 equipes do mundo todo. As alunas que representarão o UNICURITIBA são: Anabelle Cavali da Costa Meira, Bárbara Marchioro Pagliosa, Isabella Domborovski Camargo, Nicole França Bergamini e Valentina Vaz Boni.